O Outono


Assim é o outono. Acabou primavera, acabou o verão, aaaaahhh, o verão. Calor não mais. As folhas começam a cair. Os cobertores passam a tomar sol para se depositarem mais tarde em nossas camas. E então chega o outono, a estação mais bela de todas. Sua elegância é tão notável quanto seu repentino frio que nos pega de surpresa ao fim de um feriado. A chuva marca o início de uma nova época do ano que outrora nos desidratava. Roupas bonitas, shoppings enfeitados com novas ofertas e novas vitrines. A beleza tomando conta da natureza em nossa volta. Este é o outono. A hora de tomar chocolate quente embaixo de um fofo edredom assistindo a um filme durante fria madrugada do fim de semana. Valorizar a preciosidade de cada minuto no aconchego da própria cama. É disso que gosto.

A estação da beleza e do conforto. Da elegância e do aconchego. Da graça e do bem-estar. A estação dos sinônimos. Outono é sinônimo de tudo que é bom. Outono é assim, o prazer de sentir-se bem.

Nem calor e nem extremo frio. O ideal. De tudo o que é gostoso. De tudo o que é só nosso. Daquilo que fica dentro dos limites de nosso abrigo do frio. É o sol batendo no rosto junto com o vento que vem do horizonte coberto pelo céu azul sem nuvem. Junto com o vento que dá de encontro com os olhos gelados.

Isso sim é bom. Assim é gostoso. Assim é o meu outono.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: